18 julho

Monocromática e colorida

Comentários

Quando você faz a mais vaga menção de pintar uma parede de preto ou outra cor bem escura ecoam gritos de horror a sua volta. Traduzidas em voz alta com frases do tipo: “Você só pode estar louca, amiga” “Vai ficar tétrico, pode apostar” “Vixi, estranho…” Ainda não tenho uma teoria científica em mãos para saber exatamente o que causa essa reação imediata de repelência. Ao menos por aqui, em terra brasilis, onde o comum, o que todo mundo faz, o que não causa espanto é mesmo uma parede bege, branca, off white…

A foto acima é uma defesa bem digna dos tons escuros na parede. Inclusive na cozinha, por que não? Mas vou te dar de lambuja alguns argumentos extras: cores escuras, quando bem utilizadas, criam uma sensação de profundidade no ambiente. Elas também são sofisticadas por natureza. E, claro, encobrem as marcas do tempo de uma maneira bem mais eficiente do que o branco total radiante. 

No mais… acho lindo! Pensando bem, espera um pouco que vou ali pintar uma parede de cinza bem escuro e já volto. E não adianta fazer cara de susto #coresehumores

comentários