06 fevereiro

A louca da casa

Comentários

E no meio do maior surto de calor da história, a pessoa resolve assar biscoitos. A motivação? Ter algo bonito e gostoso para acompanhar uma sobremesa fresquinha. Creme inglês gelado servido com frutas. Mini porções, por favor! Preferencialmente do tamanho dos biscoitos. Sei, sei, parece coisa da louca que habita esta casa. Sim, é mesmo. De tempos em tempos ela vem para me chacoalhar. Para lembrar que, sim, é preciso não se esquecer de tentar algo novo todos os dias. Mesmo sejam biscoitos, em um dia calor. Ou melhor, no dia em que fez mais calor em todos os tempos em São Paulo. Quer melhor lembrança histórica?

– Sabe minha filha, nesse dia experimentei uma receita de biscoitos ótima, só porque queria muito testar um "carimbador" de massas que fazia biscoitos com flores em relevo, uma beleza, precisava ver…"

– Mas, vó, você é louca? Assar biscoitos com 40 graus à sombra?

– Nunca se esqueça, querida, teste algo novo todos os dias!

Às vezes a gente nem sabe o motivo, mas faz. Os melhores desejos são assim. Repentinos. Nos obrigam a agir rápido, antes que a vontade acabe e você termine por não fazer nada. Ou, pior, a fazer mais do mesmo. Acho triste isso… Melhor deixar a louca baixar e tratar de abraçar todos os seus desvarios. Nesta casa foram biscoitos carimbados com flores. Na sua pode ser que você deseje algo completamente diferente. Importante mesmo é não deixar a vontade passar.

comentários